Em breve

Em breve

Em breve

Em breve

Em breve

Em breve

article image

Como fazer um networking de sucesso

Saiba como construir e manter uma rede de contatos para avançar na carreira e nos negócios.

Por Sabrina Bezerra

Se você pensa que networking é sobre pedir favores para outras pessoas, você está errado. “As relações de networking precisam de significado e nunca podem ser um interesse”, diz Carolina Martins, psicóloga e especialista em carreira, em entrevista à StartSe. Pois, trata-se de uma via de mão dupla. Você ajuda o outro, depois — ocasionalmente — será ajudado por ele no futuro.

+ Aula gratuita: aprenda a fazer conexões inteligentes

O QUE É NETWORKING?

Networking é a prática de cultivo da rede de relacionamentos e contatos de um profissional, que pode abarcar diversos perfis, desde familiares, amigos, colegas de faculdade, de trabalho, gestores e até outras pessoas do campo de atuação do profissional ou aquelas que são de outras áreas, mas com interesses em comum”, conta Rafael Almeida, gerente de parcerias estratégicas da Robert Half.

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE NETWORK E NETWORKING?

O network é a rede de contato — formada por pessoas que têm interesses similares — e é feita por meio de networking. Em outras palavras, “network é o nome que se dá à rede de contatos, propriamente dita. Já networking é a atividade de gestão da rede de relacionamentos”, diz Almeida. O networking serve, então, para construir e manter relacionamentos.

COMO FAZER UM BOM NETWORKING?

Fazer um networking de sucesso — naturalmente — traz mais oportunidades para o profissional. “Seja para indicação de emprego ou para fechar negócio com mais facilidade, por exemplo”, afirma Carolina. “Mas lembre-se: não é se aproximar para pedir coisas. É uma via de mão dupla em que as pessoas se ajudam mutuamente. O fato de pedir um favor descaracteriza completamente o processo de networking." 

Uma boa dica para fazer networking é participando de eventos e “cursos que conversem com os seus objetivos. [Essas são algumas] práticas que podem ampliar ainda mais a rede de contatos”, afirma Almeida. Para estabelecer a conexão, é importante que o profissional se importante com a outra pessoa. “Pergunte a empresa que ela trabalha, quanto tempo está no emprego, o que faz, o que estudou. Mostre que, de fato, você está interessado na conversa e não se aproximando para pedir algum tipo de favor."

Além disso, vale lembrar que as pessoas que estão próximas a você fazem parte de sua primeira rede de contato. “Muitas vezes, o profissional ignora as pessoas que ele conhece e pensa que, para fazer networking, precisa conhecer pessoas novas. Mas não é bem assim. É bacana procurar formas de ativar e manter as pessoas que são próximas também, porque elas têm a própria rede de contatos e, com isso, podem conectar você com alguém que pode ser importante para a sua rede", diz Carolina. “É bacana — antes de pensar para fora — conhecer mais a própria rede. Veja quem já esteve perto e ative esse contato.” Para retomar, é importante sempre se interessar pela pessoa primeiro. “Uma forma bacana de fazer isso — para a galera mais tímida que têm receio de reatar um contato de longa data — é esperar datas comemorativas, como o dia do aniversário ou da profissão”, conta Carolina.

COMO NÃO PARECER OPORTUNISTA?

Não mantenha contato apenas quando precisar. “Pergunte sobre a pessoa, como ela está e entenda também como você pode oferecer algo a ela”, afirma Carolina. “O ideal é que o contato seja constante, pois mesmo que a relação seja apenas profissional, é importante se manter presente. Afinal, o networking profissional só tem valor se o relacionamento for uma via de mão dupla, tanto online quanto presencial”, diz Almeida.

COMO FAZER NETWORKING ONLINE?

Quando falamos de networking online, é importante entender que não está associado à quantidade de conexões estabelecidas em redes sociais. “Os números são importantes, claro, mas a qualidade das conexões é mais relevante do que a quantidade”, afirma Almeida. Por isso, “é importante que o profissional estabeleça conexões com pessoas que têm algo para acrescentar à sua carreira, que podem fazer a indicação para uma vaga ou tenham interesse em compartilhar suas publicações”, conta Almeida. E vice e versa. 

Outra dica, é atualizar os perfis das redes sociais “com informações relevantes sobre formação, experiência e qualificação." Desta forma, será mais fácil manter por perto a rede de contato que faz sentido para você. “Outro ponto é se manter presente e visível. Desenvolver conteúdos relevantes e interagir em publicações estratégicas com comentários produtivos são duas opções interessantes. Se participar de cursos, palestras, lives, não deixe de compartilhar", afirma o especialista.

 

O RH sempre foi um setor importante nas empresas. Mas agora, com a mudança de comportamento das pessoas, a introdução de novas tecnologias e a criação de novas profissões, seu papel fica ainda mais relevante. Conheça o Gestão Inovadora para RHs e aprenda as técnicas que estão transformando os RHs na área mais Estratégica dentro das empresas.

Gestão Inovadora para RHs

Ícone de um envelopeLogo StartSe

Receba nosso resumo diário com o que realmente importa!

Inovação e negócios em 5 minutos ou menos para que você não fique para trás

Carregando formulário...