Inicio

Artigos

Aulas

Cursos

Eventos

Em breve

Programas

Em breve

Podcasts

Em breve

Web Séries

Inicio

Artigos

Aulas

Cursos

Eventos

Em breve

Programas

Em breve

Podcasts

Em breve

Web Séries

article image

Loft adquire CredPago em negócio bilionário

A Loft adquiriu 100% da fintech CredPago - toda startup se tornará fintech?

Por Victor Marques

A Loft, proptech que facilita a compra de imóveis através de experiência digital, anunciou a aquisição da CredPago, fintech líder nacional de aluguéis sem fiança. O valor da aquisição não foi divulgado, mas o BTG, que detinha 49% das ações da CredPago, e é companhia de capital aberto, divulgou que terá um ganho de R$ 1,4 bilhão - ou seja, receberá R$ 1,4 bilhão a mais do que pagou pela participação em 2020 - em troca da participação que detinha na fintech.

O alinhamento entre Loft e CredPago - uma proptech e uma fintech - está principalmente focado na posição de destaque da CredPago no segmento de aluguéis sem fiança. Além disso, ambas incluem em sua estratégia parcerias com corretores e imobiliárias, segundo o fundador e CEO da Loft, Mate Pencz, "desde a fundação a Loft não fechou sequer uma única transação que não fosse intermediada por parceiros corretores ou imobiliárias”.

A AQUISIÇÃO

A aquisição da CredPago será paga em ações e dinheiro - ou seja, o BTG Pactual passará a ter participação minoritária na Loft e ainda terá a possibilidade de oferecer seus serviços financeiros dentro da plataforma da proptech.

Os movimentos da Loft seguem a tendência de 'ir às compras' após receber rodada de investimentos - a última recebida pela Loft foi a maior da história no Brasil e, com a extensão da rodada, que levantou mais US$ 100 milhões, a proptech ficou avaliada em US$ 2,9 bilhões. 

Com a aquisição, a operação, fundadores e mais de 300 funcionários da CredPago, serão absorvidos pela Loft. Com negócios complementares, e valores alinhados - especialmente a posição de fortalecimento de imobiliárias e corretores -, o objetivo é levar os produtos da CredPago a ainda mais corretores e agentes do setor imobiliário em todo o Brasil.

CREDPAGO

A CredPago, fundada em 2016, remove uma barreira de muitos contratos de aluguel: a necessidade de um fiador. Unindo dados de cartões de crédito, avaliações de agências de análise de crédito - como o Serasa - a tecnologia da fintech permite analisar o perfil de risco do locatário e determinar sua capacidade de pagamento em segundos. Outra vantagem da solução da fintech é a informação que proporciona aos corretores: o valor do imóvel que o cliente consegue, de fato, pagar.

A CredPago cresceu dez vezes nos últimos três anos, com mais de 16 mil imobiliárias clientes e intermediando mais de 123 mil contratos. A aquisição pela Loft deverá acelerar ainda mais a expansão, fechando 2021 com mais de 200 mil contratos sob gestão.

Fundadores e equipe da CredPago serão absorvidas pela Loft. (Foto: CredPago/Divulgação).

FINTECHIZAÇÃO

Fundada em 2018, a Loft tem duas verticais principais de negócio: a compra, reforma e venda de apartamentos; e um marketplace para vender imóveis de terceiros (lançado recentemente). Complementarmente, oferece no marketplace serviços como seguros, financiamento e home equity.

Com a aquisição, a Loft parece objetivar embaçar ainda mais a linha entre proptech e fintech. Numa tendência de fintechização - várias startups estão se transformando ou adicionando elementos de fintech em seus negócios -, a aquisição da CredPago mostra o interesse em expandir os serviços financeiros oferecidos pela Loft.

A vertical de produtos financeiros da Loft, lançada em janeiro de 2020, já originou R$ 2 bilhões por ano em crédito imobiliário. Originalmente focada em compra e venda, a Loft agora também conta com soluções para aluguel, com a aquisição da CredPago.

POR QUE IMPORTA?

Presente em um mercado extremamente burocrático - o imobiliário - a Loft focou seus esforços nas transações de compra e venda de imóveis. Agora, mais madura e tendo recebido investimentos volumosos, começa a dar atenção ao segmento de aluguel, setor que também sofre com a burocracia.

Com a oferta de aluguéis sem fiador, a Loft deve passar a competir mais diretamente com concorrentes como QuintoAndar. Além disso, com a expansão do portfólio de serviços financeiros, passa a concorrer com os bancos e fintechs que oferecem produtos para o mercado imobiliário.

Um dos maiores beneficiados, o BTG Pactual, terá vantagem na corrida pelos negócios financeiros ligados ao mercado imobiliário. Com a oferta de seus serviços aos usuários da solução da Loft, o banco ganhará visibilidade valiosa. 

Além da oportunidade de oferecer seus serviços, o BTG lucrou R$ 1,4 bilhão (em ações e dinheiro) somente com a venda de sua participação na CredPago - que havia sido comprada em 2020. Um caso de exit - como é chamado o retorno de um investimento em startup - extremamente rápido e lucrativo.

Invista em startups com a CapTable

Ícone de um envelopeLogo StartSe

Receba nosso resumo diário com o que realmente importa!

Inovação e negócios em 5 minutos ou menos para que você não fique para trás

Carregando formulário...