Em breve

Em breve

Em breve

Em breve

Em breve

Em breve

article image

Exit: o que significa a expressão no mundo startups?

Entenda como funciona o exit, considerado um marco de sucesso na estratégia das empresas em crescimento.

Por Isabella Carvalho

Ter uma startup de sucesso é a meta de todo empreendedor. Para alguns, isso significa alcançar um determinado número de clientes ou vendas. Para outros, é chegar ao tão esperado exit. A expressão se refere ao ponto de “saída” da startup, ou seja, momento em que ela é vendida. Assim, além do retorno financeiro aos investidores e fundadores, a empresa pode crescer e atingir novos mercados.

COMO ACONTECE O EXIT?

O exit pode acontecer de algumas formas. No caso da venda estratégica para outra empresa, a compradora assume a startup, que pode continuar atuando de forma independente, incorporar seu produto como uma unidade dentro da companhia ou ter sua equipe transferida para outras frentes.

Em outra situação o empreendedor pode vender sua participação para outros fundos de Venture Capital ou, em casos mais expressivos, fazer a abertura de capital da empresa (IPO) — tipo de oferta em que as ações da startup são vendidas para o público em uma bolsa de valores.

CASES DE EXIT DE STARTUPS

No Brasil, alguns exits ganharam destaque. Em 2017, a Linx, empresa de software de gestão para varejo, anunciou a compra da startup ShopBack por R$ 39 milhões. Em 2018, a companhia comprou a Hiper, startup focada no desenvolvimento de software para micro e pequenos varejistas. Com essa e outras aquisições a Linx criou duas marcas em seu portfólio: a Linx Impulse Suite e Linx Pay Hub.

Já em 2019 ano, a startup Conaz, do setor de construção civil, também chegou ao exit. A construtech foi adquirida pela Ambar, empresa de soluções tecnológicas e sustentáveis com foco em moradias populares. Neste caso, a startup se tornou uma unidade de software da companhia.

A VIDA DEPOIS DO EXIT

A venda de uma startup é um momento marcante para qualquer empreendedor. Depois de percorrer um longo caminho, alcançar o exit – seja por uma venda estratégica ou fusão – pode levar a empresa para outro patamar. Mas se engana quem pensa que é um processo simples. “A negociação é difícil”, ressaltou Renan Lecheta co-fundador da Conaz, durante o Startup Summit, evento promovido pelo Sebrae e pela Associação Catarinense de Tecnologia, em Florianópolis. A startup conecta construtores e fornecedores de insumos de construção por meio de uma plataforma online de cotações e compras.

O empreendedor viu sua rotina mudar depois de receber uma ligação da Ambar, empresa de soluções tecnológicas e sustentáveis para a construção civil, com foco em moradias populares. O contato surgiu a partir do interesse pela compra da startup. Em julho de 2019, a Conaz anunciou a novidade. “Hoje somos uma unidade de software da Ambar. Para a nossa equipe, foi muito bom, pois temos o mesmo propósito de transformar a construção civil”, contou Lecheta. 

A vida depois do exit, para Renan, se resume a trabalhar para expandir ainda mais a plataforma – agora, com um novo reforço. “Recebemos muitos feedbacks positivos. Temos muito a crescer ainda. Agora, estamos focados na moradia popular”, disse.

ESTRUTURAR PARA CRESCER

À frente da Hiper, startup focada no desenvolvimento de software para micro e pequenos varejistas, Tiago Vailati também chegou ao exit. Pouco tempo antes, a empresa passou por uma reestruturação fundamental para o sucesso do acordo. “Mexemos na marca, renovamos nosso produto e entendemos o que o cliente queria. Tudo isso em dois anos muito intensos”, contou. 

Foi então que o telefone do empreendedor tocou. Do outro lado da linha, a Linx, empresa brasileira especialista em tecnologia para o varejo. “Ali começamos a perceber o quanto valia a pena ter nos reestruturado”, ressaltou Vailati. A negociação foi finalizada e a startup foi vendida por por R$ 50 milhões.

Hoje, a Hiper faz parte da Linx, mas mantém sua marca independente. “Ter a casa em ordem foi importante para manter a empresa independente. A fase de integração foi muito rápida, porque continuamos a tocar as coisas como antes”, contou Vailati. Segundo o empreendedor, grandes novos projetos já estão sendo construídos com a empresa.

Ícone de um envelopeLogo StartSe

Receba nosso resumo diário com o que realmente importa!

Inovação e negócios em 5 minutos ou menos para que você não fique para trás

Carregando formulário...