Inicio

Artigos

Aulas

Cursos

Eventos

Em breve

Programas

Em breve

Podcasts

Em breve

Web Séries

Inicio

Artigos

Aulas

Cursos

Eventos

Em breve

Programas

Em breve

Podcasts

Em breve

Web Séries

Meu Perfil

Sair

Notificações

Nenhuma notificação para mostrar

Favoritos

Nenhum item foi favoritado

Comércio eletrônico impulsiona o setor de logística no Brasil

Conteúdo patrocinado

A partir do crescimento das vendas online com a pandemia, a transportadora Plimor, por exemplo, movimenta cerca de 100 mil volumes por dia com apoio tecnológico da uMov.me.

As vendas online foram alavancadas pelo distanciamento social. A tendência era de crescimento, mas a pandemia da Covid-19 foi responsável por ampliar ainda mais esse mercado. No primeiro semestre de 2020, um levantamento realizado pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) indicou que as negociações pela internet registraram a maior alta em 20 anos: 47%.

O relatório apontou ainda que o número de transações cresceu 80% entre janeiro e agosto de 2020, resultando em um faturamento 75,5% superior em relação ao mesmo período de 2019 - ou seja, um salto de R$ 44 bilhões para R$ 77,2 bilhões em apenas oito meses. E esses valores não são por acaso: o relatório semestral de e-commerce realizado pela Ebit | Nielsen, por sua vez, revelou um total de 90,8 milhões de pedidos, o que significa um aumento de 39% em relação a 2019.

(fonte: divulgação Plimor)

Esse contexto comercial representa também um desafio para o setor de logística e transportes para realizar as entregas com rapidez e eficiência em um país de dimensões continentais como o Brasil. Referência no setor, a Plimor possui mais de 900 veículos e 2.500 profissionais para atender mais de 1.800 municípios. A transportadora gaúcha estima, em média, a movimentação de 100 mil volumes por dia e a realização de 600 mil entregas por mês. Nesse sentido, a fim de fazer a gestão desse grande volume, a tecnologia destaca-se como uma solução importante.

"Atualmente, conseguimos prever uma série de etapas, da coleta à entrega. Assim, garantimos a rastreabilidade do produto. Da mesma forma, a tecnologia é fundamental para obtermos a qualidade desejada na coleta das informações", analisa Cléber Pessuto, gerente de controladoria, TI e automação da Plimor.

(fonte: divulgação Plimor)

A Plimor utiliza os aplicativos de logística da uMov.me há seis anos. Com esse apoio tecnológico, a transportadora conseguiu atingir a importante marca de 95% de eficiência.  Esse resultado tem origem no controle das entregas e coletas em tempo real, bem como na tomada de decisões rápidas e inteligentes, vantagens que a empresa construiu a partir da utilização dos apps. Consequentemente, a Plimor obtém vantagem competitiva frente às concorrentes. Exemplo disso foi a conquista do título de Top do Transporte 2020 nas categorias e-commerce, preferência nacional e calçadista. A premiação concedida em novembro do ano passado é resultado de uma pesquisa nacional com mais de cinco mil pessoas, representando aproximadamente 300 contratantes.

“Ficamos muito satisfeitos quando nosso trabalho impacta tão positivamente nos negócios dos nossos clientes. A tecnologia está a serviço da sociedade e, quanto mais pudermos colaborar com a jornada de transformação tecnológica dentro das organizações, mais teremos a certeza de dever cumprido. Quando uma empresa cresce e se desenvolve, todo um ecossistema cresce junto”, comemora o CEO da uMov.me, Alexandre Trevisan.

SOLUÇÃO PERSONALIZADA

A parceria entre Plimor e uMov.me criou aplicativos personalizados para atender às regras de negócio da transportadora. Desenvolvidos pelo setor de Tecnologia da Informação e Automação da empresa em conjunto com a uMov.me, os apps possuem funcionalidades como localização exata da entrega através do GPS do celular; coleta de assinatura eletrônica do destinatário; registro de eventos, como fotos de mercadorias e canhoto de recebimento; checklist de frotas; programação inteligente das visitas a serem realizadas; lançamento de despesas e controle de quilometragem rodada, entre outras.

Cléber Pessuto, gerente de controladoria, TI e automação da Plimor (fonte: divulgação Plimor)

Outro diferencial dos aplicativos, segundo o gerente de controladoria, TI e automação da Plimor, são os recursos offline. “Aplicações com funcionamento independente da internet e plataforma estável são fundamentais na atualidade, principalmente em uma empresa como a Plimor, que trabalha com grande mobilidade, transportando produtos para diversas regiões do país”, explica Pessuto.

MERCADO LOGÍSTICO BRASILEIRO

O setor de logística movimenta aproximadamente U$4,3 trilhões por ano em todo o mundo. De acordo com o ranking do Banco Mundial, o Brasil é o 57º país em desempenho nesse mercado tão importante. O Índice de Performance Logística (LPI) determina essa colocação levando em consideração questões como qualidade da infraestrutura de transporte, eficiência no rastreamento de cargas e o cumprimento dos prazos das entregas, entre outras. 

(fonte: divulgação Plimor)

Nesse segmento, além da Plimor, a uMov.me trabalha com outras grandes empresas como Grupo Dimed, Lojas Colombo, Phillip Morris e Mira, por exemplo. Para Alexandre Trevisan, a adoção da tecnologia no dia a dia da logística é a única forma de as empresas se tornarem mais competitivas, eficientes e relevantes nesse mercado. Uma relevância que, segundo ele, independe do tamanho da companhia. “Atuar de forma colaborativa é a chave para alavancarmos o segmento. Por meio da logística e do transporte, conseguiremos impactar na sociedade como um todo e contribuir com o desenvolvimento do nosso país”, observa o CEO da uMov.me.

Alexandre Trevisan, CEO da uMov.me (foto: Guilherme Gargioni)